Loading...

Mês: julho 2015

Dica Sobre O Melhor Software De Gravação

Saiba Qual DAW Será A Melhor Para Você

Sabemos que todo o processo de gravação é muito importante e cada detalhe faz uma gigantesca diferença no resultado final. Estou também incluindo a captação de áudio, pois ela é a peça fundamental para o timbre equilibrado ou com outras características. Me refiro ainda sobre as técnicas de gravação que tem as suas famosas “formulinhas” (apesar de muitos não gostarem muito do termo) para chegar em um resultado aceitável ou convincente.

Aí você me pergunta: ok, mas o que isso tem com o software de gravação? Eu respondo: tudo!

Vejamos, todo processo de gravação, mesmo na pré-produção, você já tem em mente qual software estará usando, então quando fala em captação de áudio, logo imagina a sua DAW funcionando, imagina as cores das tracks, o cursor, onde estarão as ferramentas de edição, e tudo mais!

Perceba também que quando está utilizando as suas técnicas de gravação, obviamente sabe onde está o botão de rec, play, return, ou seja, a sua janela de transport, e sabe muito bem como funciona os comandos para outras funções e que isso não lhe atrapalha e nem toma tempo para aplicar em suas técnicas.

Quando está com todo o registro sonoro no seu software de gravação, logo saberá salvar, aplicar fades, cortar, consolidar, copiar, loopar, alterar tempo, pitch, intensidade de sinal (volume)…

...mutar, solar, abrir novas tracks, deletar, colocar algo no grid, fazer mandada via bus, equalizar, comprimir, aplicar reverb, delay, analizar espectro de frequências, e entre muitas outras funções.

Agora, perceba que não citei nenhum software até agora e, se você entendeu todas essas funções citadas e até mencionou mais, você já tem o melhor software de gravação em mãos! O seu!

Isso mesmo! A melhor DAW é a sua, como o próprio nome diz, ela é a sua estação de trabalho de áudio digital. Então ela deve ter a sua cara, e você deve conhece-la muito bem, pois entendo que ela se parece com você!

Muitos perguntam uns para os outros com qual software de gravação trabalham com o objetivo de menosprezar uma ou outra DAW, como se isso fosse realmente influenciar no trabalho final de um produtor musical que sabe fazer muito bem o seu trabalho.

“Qual software você usa?… Ah…. eu uso o tal…, o pessoal da escola X, diz que esse é melhor… já experimentou?”

Conheça o trabalho ouvindo, antes de fazer essa pergunta! Vá no estúdio, saibas as técnicas de gravação que é aplicada ali, veja como o produtor trabalha, escute bastante o som do cara, depois analise se realmente caberá fazer tal pergunta e se realmente é necessário.

Espero que tenham gostado, até o próximo post!

Deixem um comentário abaixo:

Saiba Como Deixar Sua Música Poderosa!

Dois Aspectos Valiosos Para Sua Música.

Parace algo óbvio para ficar comentando, mas vejo no dia-a-dia que algo tão simples pode se tornar muito complicado!

Algumas pessoas tem a péssima mania de subestimar a música do outro. As vezes um olhar não critico (no sentido de crítica construtiva) e egocentrista, não deixa a essência da música aflorar.

O que quero dizer é que não devemos olhar uma música, por mais simples que seja, e achar que os nossos conhecimentos musicais, artísticos e outros, são superiores ao ponto de descaracterizar toda uma ideia original da obra.

Devemos sim, usar esses conhecimentos para uma melhoria, se preciso for, mas não uma melhoria no sentido de reescrita musical, mas sim no sentido do descobrimento da forma, da interpretação, e da musicalidade, tanto do estilo, da poética, da sonoridade, como da instrumentação.

Podemos enxergar a música à nossa maneira, que aos nossos olhos parece ser a mais certa, mas se conhecermos a história por trás daquele conteúdo, descobriremos um imenso mar onde podemos mergulhar, explorar e extrair as melhores essências.

Todo som é música, cabe aos produtores musicais reunir as ideias, colaborar artisticamente com o entendimento musical, com o aspecto da personalidade artística, ou seja, com o que ou com quem vai dialogar, o que será chamativo para determinado público e que tipo de expressão terá.
Apenas dois fatores supri na totalidade esses parâmetros e ainda outros não mencionados. Claro que leva um tempo para esse desenvolvimento, por isso deve ser estudada e exercitada.
Falo da Percepção e da Sensibilidade no Processo Musical!!

Infelizmente esses dois aspectos são deixados de lado quando falamos em progredir musicalmente, seja no processo de criação, seja na produção, seja na apresentação ao vivo! Muitos, pra não dizer a maioria, estão preocupados com outros fatores, e não os artísticos, a música está ficando dura e robótica.

Vejo a preocupação com muitos detalhes, no sentido técnico da coisa, não que seja errado ou menos importante, mas no meu ponto de vista a percepção e a sensibilidade não devem ser deixados de lado em qualquer parte do processo musical.

É com isso que dizemos “Wawww”, quando sentimos algo diferente naquele som. Não está relacionado se a música está “certinha”, e sim onde ela está chegando.

Vamos mudar de atitude e entender melhor sobre a sensibilidade humana e treinar nossa percepção para o desenvolvimento artístico!

Até o próximo post!

Deixem um comentário abaixo!

 

Contato

Henrique Arão
henrique@aastudios.com.br
(11) 96839-5333

Diego Pacioni
diego@aastudios.com.br
(11) 97605-2945

Rua Senador Nilo Coelho, 899
São Matheus - São Paulo

Atendimento: 9hs às 19hs

AA Studios

Nós do AA Studios temos tudo que você precisa para a sua música. Especialistas em produção de música para meios audiovisuais (Publicidade, Jingles, Spots, Games, Documentários, Vídeos Institucionais, Longa e Curta Metragem), produção de cantores e instrumentistas, além de Análise de Referência e confecção de partituras.

2017 © Desenvolvido por| Agência de Marketing Digital SP