Loading...

Autor: henriquearao

Você Curte Música Eletrônica Ou Um Subgênero?

Saiba Qual Subgênero da Música Eletrônica Que Você Mais Se Identifica

A música eletrônica, apesar de ser um gênero muito específico, ela tem vários subgeneros que possui um universo imenso muito maior até do que os grandes gêneros mais conhecidos e os mais populares.

Os subgeneros são:

Break-beat Dois discos iguais e um mixer. Contém samplers de ritmos hip-hop, funk e electro que se modificam e criam os denominados “breaks”.

Techno Se assemelha ao estilo House. Músicas feitas exclusivamente por computador, sem fazer uso de instrumentosmusicais tradicionais.

House music
 Batidas bem rápidas variando entre 118 e 135 BPM. A batida é gerada por uma caixa de ritmos ou um sampler. Diversas fontes de som são utilizadas.

Trance Caracterizado pelo tempo entre 130 e 190 BPM, com partes melódicas de sintetizador e uma forma musical progressiva. Algumas vezes vocais também são utilizados.

Drum and Bass Caracterizado por batidas próximas a 170 BPM. Incorporou elementos musicais como o DanceHall, Electro, Funk, Hip-Hop, House, Jazz, Metal, Pop, Reggae, Rock, Techno e o Trance.

Chill Out
 Um termo geral para vários estilos de música de relativa melodia e com tempo baixo, feitas por produtores contemporâneos na música eletrônica.

Dubstep Uso intenso de sub graves e marcado pelo “bass drops” ao fim da introdução da música, tem elementos dominantes na estrutura da música introduzidos de forma impactante.

Minimal Uma vertente minimalista que segue aquele ditado “less is more” (menos é mais). Este estilo também está ligado ao movimento e a arte minimalista.

Para você ficar por dentro de toda a “cena” da música eletrônica, abaixo segue uma lista de 12 filmes sobre música eletrônica:

1 – Party Monster (2013)
2 – Paraísos Artificiais (2012)
3 – Hey DJ (2015)
4 – One Perfect Day (2013)
5 – Projeto X – Uma Festa Fora de Controle (2012)
6 – Groove – A Festa Rave (2000)
7 – Ritmo Acelerado (2004)
8 – Berlin Calling (2008)
9 – Música, Amigos e Festa (2015)
10 – XOXO – A Vida é Uma Festa (2016)
11 – People of Tomorrow (2013)
12 – I’ll Sleep When I’m Dead (2016)

Grande abraço e até o próximo post!
Me diga o que achou nos comentários abaixo:

 

3 Dicas Para Quem Quer Trabalhar Com Música Eletrônica

Saiba Os Pilares Fundamentais Da Música Eletrônica

Aprender a lidar com música eletrônica parece até um coisa muito fácil de fazer, mas quando se trata de dominar, aí já fica mais preocupante.
O que se sabe é que algumas pessoas que, ou trabalham, ou produzem, ou tocam música eletrônica,  aprenderam, mas não dominam.

E onde está a falha? Nosso país tem pouca ou quase nada de informação no nosso idioma quanto a essa arte. E o que eu sinto é que, nem o básico a galera conhece.

Vou te apresentar então, 3 dicas que são a parte do alicerce da música eletrônica, são a fundação mesmo, a base e é muito, muito importante que você entenda isso se realmente quer se destacar no mercado da música eletrônica.

A primeira dica, até acabei de falar um pouco acima: você deve dominar essa arte num ponto específico. Você deve se basear em um elemento apenas. Por exemplo, se você gosta muito de sons de efeito laser, você deve estudar a fundo como isso funciona, quais as melhores frequencias para esse efeito, que tipo de onda sonora você deve aplicar, é necessário aplicar outro efeito como máscara? algum tipo de filtro? equalizador? funciona com outros timbres?

Ou seja, você deve explorar mesmo, sentir na sua prática os princípios daquilo em específico que você gosta de fazer na sua música eletrônica.

A segunda dica, parece até chato, mas se você aplicar, vai tornar sua música muito além do que você esperava: Compreender com inteligência, a evolução histórica da eletrônica na música. Não falei que iria parecer chato! Mas saca só, se você conseguir decifrar o crescimento da música eletrônica ao longo da história, as suas transformações, os melhoramentos, o avanço; na verdade você terá um mapa de trajetória nas mãos e saberá com precisão de um navegador estelar quais ferramentas que serão ótimas para se trabalhar e aumentar de modo extraordinário a sua música e ainda qual será o melhor momento, ou melhor acontecimento que pode ocorrer para você colocar sua música no ar!

Ou seja, é a habilidade de antecipar o futuro através de um estudo minucioso de eventos e técnicas do passado.

Por fim, a terceira dica é: Entenda os processos técnicos para o desenvolvimento da música eletroacústica. Sim, música eletroacústica. É algo que está em grande destaque principalmente em países de primeiro mundo. Suas bases sonoras eletrônicas e acústicas definiram esse termo de música eletroacústica. No nosso país ela ainda é muito restrita.

Ou seja, procure saber sobre a música eletroacústica e de todas as maneiras de habilidades que ela pode te oferecer.

Espero que tenha gostado!

Grande abraço e até o próximo post!

 

Descubra Os 2 Profissionais Para Música Eletrônica

Somente DJ’s Gravam Música Eletrônica?

Para que começamos esse assunto devemos saber que o DJ (Disc Jockey) é a pessoa que sabe mixar a música gravada com a música que está sendo tocada de qualquer fonte (fita cassete, CDs, arquivos de áudio digital por CDJ – que é um tocador de mídia digital – ou Laptop – Notebook).

Conheça o Curso de Violão Clicando Abaixo:

Curso Completo de Violão – Você Pode Tocar

 

Normalmente eles se apresentam para uma platéia ao vivo ou por algum meio de transmissão ao púbico, e TAMBÉM gravam para a venda e posterior distribuição.

TAMBÉM?

Sim, ele não é o único profissional do mundo que grava músicas eletrônicas!

O Produtor Musical também pode ter esse ramo de atuação se,  conhecer a linguagem da música eletrônica, às técnicas aplicadas para esse gênero e, obviamente, o repertório.

A diferença é que a música eletrônica que é formada pelo Produtor Musical será mais pensada para a distribuição e não para apresentação. Diferente do DJ que, seu primeiro objetivo é mostrar ao público suas mixagens, em muitas das vezes em tempo real, e promover festas, eventos e encontros da galera desse movimento.

Um DJ, não necessariamente precisa ser um produtor, basta apenas ter os equipamentos para sua performance e conhecer toda a estrutura musical do mundo digital, incluindo amostras de áudio, beats, essas coisas.

Assim como um Produtor Musical, não necessariamente precisa ser DJ, basta conhecer toda a linguagem da música eletrônica, a estruturação da forma musical e entender esse mercado.

É um universo muito rico de sub gêneros e com muita riqueza de cores e um campo ótimo para experimentações!

Logo falarei mais sobre esse tema!

Espero que tenham gostado!
Até o próximo post!

Deixe Um Comentário Abaixo:

 

3 Motivos Para Você Acreditar No Seu Produtor

Saiba Como Melhorar Sua Música!

Todos os produtores musicais, sendo ele iniciante ou com muito tempo no ramo, deve constantemente estar se questionando e analisando de forma racional e inteligente as escolhas para um ótimo registro sonoro, isto é, uma melhor maneira de se gravar um áudio antes de sua execução.

CONHEÇA NOSSOS PARCEIROS, CLICK AQUI:

Classificação Vocal

Essas escolhas vem dessa capacidade de entender e julgar a melhor forma de se captar um áudio.

Sendo um bom profissional, ele irá se dedicar também em estudar as diversas tendências de um bom áudio gravado, levando em consideração diferentes aspectos culturais e sociais, pois nem sempre o que é aceitável em um estilo é reconhecido por outro.

Sendo assim, o  domínio de equipamentos de gravação de áudio e sistemas de monitoração de som com orientação para limites de audição em decibéis, é fundamental para a formação desse profissional.

Não, só o domínio mas o conhecimento da diversidade de cada equipamento e suas constantes atualizações .

Por isso, confie no seu produtor!!

Primeiro motivo, acredite que, quando ele fala que algo deve ser feito de uma certa forma ou de outra, ele só está tentando resumir todo esse conhecimento técnico para sua melhor  performance artística em gravação!

Segundo, as dicas que o seu produtor tenta te passar está além do conhecimento técnico que você, artista, precisa ter sobre o assunto, então fique atento(a) a essas dicas e aceite naturalmente suas sugestões e críticas, pois ele está enxergando muito além do seu horizonte!

E por fim, seja amigo, tenha responsabilidade com seus horários no estúdio e acredite que o melhor será feito pra você
.
Espero que tenha gostado! Grande Abraço e até o próximo post!
Deixe Um Comentário Abaixo!

 

 

Dica Para Uma Gravação De Áudio Perfeita.

Captação Técnica ou Musical?

O melhor caminho para gravar um áudio, está baseado na capacidade de compreender algumas coisas. Mas antes de explicar melhor qual seriam estas aptidões, quero expor algumas outras ideias.

É certo que há um modo de gravar ou captar áudio como a maioria das pessoas fazem. São padrões usados comumente e admitidos que seriam o jeito certo de executar. São maneiras que foram entendidas a partir de experiências, observações e vivências. Então, são conhecimentos experimentais, acumulados ao longo das produções. É um saber que não se baseia em métodos ou conclusões científicas, e sim do modo espontâneo de assimilar as informações úteis do dia a dia da produção musical.




Pois bem, voltando ao tópico, o que quero enfatizar é uma outra maneira de se captar, de se gravar um áudio. Estou falando em desenvolver a capacidade de criar a sua própria opinião, independente dos padrões já estipulados pela maioria dos produtores. Para isso, claro, é preciso saber analisar o que você está criando, e saber responder os questionamentos que virão, de maneira tecnicamente convincente. Você deve aprender a buscar a sua verdade, questionando-se e refletindo sobre cada modo de gravação, captação que esteja criando. A prática lhe trará esses entendimentos e os seus julgamentos.  Então, experimente, analise, crie um conceito!

É muito importante também, levar em consideração aquilo que soará agradável aos sentidos humanos. Queira ou não, mesmo com todos os argumentos lógicos e técnicos, trabalhamos na área artística e somos relacionados, direta ou indiretamente com as artes plásticas, como o cinema, o teatro, a moda e entre outras formas. Então devemos nos preocupar com o resultado final em sintonia com o que é convencionalmente considerado belo, agradável, elegante!




Claro que sempre o contexto de produção musical estará nos conceitos básicos de examinar, observar e experimentar, procurando enquadrá-los em esquemas lógicos. E que toda a captação nos faz pensar em ondulação, a forma de onda dessa ou daquela captação. Isso é o coração da produção musical, assim como os estudos dos sons, a qualidade da propagação dos sons em um ambiente.

Mas, considerando o ponto de vista da percepção dos ouvintes reforço que, tudo será para o resultado final chamado música, e devemos buscar a sua essência em ser agradável aos ouvidos!

Espero que tenha gostado. Até o próximo post!

Deixe Seus Comentários Abaixo:

 

Conheçam Gustavo Fillipe Double Bass

Talento Ao Lado Da Habilidade

Apresento Gustavo Fillipe Souza, 19 anos, músico, seu instrumento é o Contrabaixo Acústico.

Sua formação vem do Instituto Baccarelli que, pra quem não sabe o Instituto Baccarelli é uma organização social que oferece formação musical e artística de excelência, com foco em crianças e jovens. Sua sede está localizada na comunidade Heliópolis, zona sul de São Paulo.




Ao mesmo tempo que ainda estava concluindo seu ensino médio na Etec Getulio Vargas na região do Ipiranga, se aplicava à música e sempre muito dedicado aos estudos, atualmente se aperfeiçoa ao Bacharelado em seu instrumento no Instituto de Artes da UNESP.

Uma músico preparado, hábil, competente e habilidoso! Super recomendado!

Conheçam um pouco mais sobre ele clicando no nome abaixo:

Gustavo Filippe



Deixe seu comentário abaixo:

 

Dica Para Sua Banda Fazer Bonito No Ao Vivo

Descubra A Estratégia Que Pode Mudar Sua Maneira De Projetar Seu Som

Vamos descomplicar a nossa vida?

Vejo uma confusão rondando os bastidores do mundo do áudio e da música. Na verdade, é uma falta de clareza do que realmente acontece com seu som. Essa incerteza traz muita desordem, tanto dos técnicos de áudio quanto dos músicos. Há uma misturada de informações e de linguagem que, técnicos e músicos, acabam criando uma barreira entre eles, desnecessária.

Músicos se organizam, ensaiam, e pensam em atingir seu público com energia e entusiasmo da banda. Já os técnicos preparam seus equipamentos, montam o palco, e pensam em atingir o público com potência sonora, equalizações, compressões, e outras coisas.




Até aí, tudo bem, pois cada um está no seu universo. O momento crítico é a chamada passagem de som. Esse é um momento tenso, um momento onde os dois ficam soltando suas farpas, pois o problema na realidade, é o diálogo.

Bem, para resolver esse sufoco, alguns produtores musicais (eu também uso esse método), pensaram em universalizar a interação, uma vez que a própria música é considerada uma línguagem universal.

Vamos analisar duas palavras!




Desenho e Som!

Pense em “Desenho” como uma representação. Sabemos que é uma ilustração de algo. Então, se encaixa melhor no mundo do áudio, pois os técnicos estão sempre a procura de uma  caracterização.

Pense em “Som” como uma sonoridade. Sabemos que está ligado ao movimento. Então, se encaixa melhor no mundo musical, pois os músicos estão sempre a procura de timbres.

Pois bem, a grande sacada é unir “Desenho” e “Som”, trabalhando de maneira imparcial para que haja um envolvimento dos dois lados de dependência e não de rivalidade.




A unidade se chama Design Sonoro!

Isso mesmo!!

Uma proposta projetada para que o ambiente de criação musical esteja relacionado com as ferramentas tecnológicas de áudio, através do Design Sonoro.

O Design Sonoro nada mais é do que uma planta, um delineamento de todo o deslocamento sonoro desde o instrumento musical até ao ouvido da pessoa sentada no último lugar do local do evento. É o planejamento da funcionalidade sonora, ou seja, toda a ilustração do movimento do som do palco para a platéia.

Quando o produtor sabe utilizar bem esse método, é possível manipular a configuração criando várias formas sonoras no ambiente, alterando frequências a ser mais ouvidas ou as que causarão problemas. Pode criar atmosferas e até mesmo a sensação de um outro ambiente! Não é demais?!




Então, escolha bem seu produtor, perceba se ele domina esses conceitos, para sua vida ficar mais fácil! Veja se ele está disposto a ouvir as ideias de sonoridade da banda e esteja pronto e aberto para as sugestões desse produtor.

Espero que tenha curtido!

Um grande abraço e até o próximo post!

Deixe seu comentário abaixo!

 

Promoção De Aniversário

Mês De Aniversário, Mas Quem Ganha É Você!

happy-birthday-1169669_1920Veja a promoção feita exclusivamente para você que sempre sonhou em gravar o seu CD-EP!

 

Seu momento chegou!




No mês de birthday-757097_1920Março/2016 o AA Studios completa seu primeiro ano de existência e para comemorar vamos presentear você! Isso mesmo, o presente é seu!




Então, não perca mais tempo, clique na promoção abaixo e comece hoje a realização do seu projeto!

Promoção AA Studios

 

Direto De Pernambuco!

Amizade Não Mede Distancia. Marcilio & Erta.

Nós, do AA Studios, tivemos a enorme honra de ter uma visita diretamente de Pernambuco, a terra do Frevo.



Um casal super alto astral, com uma energia pra deixar qualquer jovem com a língua de fora! Sim, um casal que não perderam a juventude e que o tempo somente trouxe experiência para lidar com mais alegria, as adversidades da vida! Marcilio & Erta, a alegria e o entusiasmo que tem, nos traz aquela gargalhada que nos faz chorar e doer o pé da barriga, um casal que tem como marca um sorriso no rosto e a simplicidade que nos contagia logo de cara. Até meu cunhado Maurício e sua esposa, também vieram sentir essa energia magnífica!



Agradeço imensamente a nobre visita que irradiou alegria aqui no estúdio, o bom humor realmente é muito cativante. Quero aproveitar e deixar um grande abraço a todo o pessoal dessa terra de onde vários gêneros musicais e danças surgiram ao longo dos anos de sua existência. Parabéns ao povo pernambucano, onde a sua composição genética é de mais de 56% europeia e que muito de sua cultura, literatura e artes estão ligadas a simpatia e a maneira de ser. Grande Abraço!



 Deixe seu comentário logo abaixo.

 

Sugestão Para A Sua Banda

Um Incentivo Para a Sua Banda Crescer.





Imagine uma banda acostumada a ensaiar em uma garagem com todos os aparelhos ligados em uma altura de volume poluente, sonoramente falando. Imagine que agora eles decidem gravar um CD. Você já conhece como um estúdio é – isolamento sonoro para não haver nenhum tipo de ruidagem.

Com toda a certeza o estranhamento será enorme e a gravação pode depender de muitas, mas muitas sessões para que a banda entre no clima de estúdio.

A coisa acontece da mesma forma com uma banda que está acostumada a ensaiar em estúdio e que recebem uma proposta de gravar o seu som ao vivo em um palco externo.

Esta banda vai, logo de cara, se assustar com o potencial sonoro, no que diz respeito a ruidagens ambientes e dos aparelhos, e ficar com aquela sensação de algo grandioso, gigante mesmo, mas intimidadora.



O estranhamento vai ser total também, e a gravação pode depender até de preparação com outras apresentações ao vivo para se acostumarem com a ideia.

É ai que entra o produtor musical!

A função do produtor musical para uma banda vai além de apenas escutar o seu som e avaliar. Ele pode ser uma peça fundamental, digamos até vital para a sobrevivência de uma banda.

Muitas bandas que passam por essas situações de inversão, sem acompanhamento, simplesmente acabam por falta de um gerenciamento de algum componente em visualizar o caminho a ser traçado, sabendo pular as barreiras e limitações que ocorrem.



O produtor musical se torna parte da banda. Ele encoraja sua banda a enfrentar os desafios, mas não um encorajamento de um torcedor de estádio mas sim um estimulador do fortalecimento musical.

Ele estimula o desenvolvimento da percepção auditiva para diferentes condições de gravação, ou seja, prepara uma banda de estúdio gravar ao vivo em um palco e uma banda de palco impulsionada a gravar em estúdio.

Tudo isso com muita técnica e experiência atrelado a capacidade de realizar tais feitos por meio de muita prática no ramo. O produtor musical deixa sua banda pronta para enfrentar essas situações e por isso que muitas bandas, que fazem sucesso, tem o seu próprio produtor musical ou um produtor musical freelancer como um personal trainer.

Espero que tenha gostado. Grande abraço e até o próximo post.

Deixe seu comentário abaixo!

 

 

1 2 3 4
Contato

Henrique Arão
henrique@aastudios.com.br
(11) 96839-5333

Diego Pacioni
diego@aastudios.com.br
(11) 97605-2945

Rua Senador Nilo Coelho, 899
São Matheus - São Paulo

Atendimento: 9hs às 19hs

AA Studios

Nós do AA Studios temos tudo que você precisa para a sua música. Especialistas em produção de música para meios audiovisuais (Publicidade, Jingles, Spots, Games, Documentários, Vídeos Institucionais, Longa e Curta Metragem), produção de cantores e instrumentistas, além de Análise de Referência e confecção de partituras.

2017 © Desenvolvido por| Agência de Marketing Digital SP